O NOSSO TEMPO

tenho aprendido com o tempo,
que a felicidade vibra,
na frequência das coisas mais simples...
como a doçura contente de um cafuné sem pressa...
como os instantes que repousamos os olhos em olhos amados...
como aquele poema que parece
que fomos nós que escrevemos...
como o toque da areia molhada sob os pés descalços...
como o sono relaxado e tranquilo
que põe todos os sentidos pra dormir...
como a presença da intimidade legítima e verdadeira...
como o banho bom que devolve forças ao corpo...
como o cheiro de quem se ama...
como essas coisas...
como outras coisas...

simples assim...

como o nosso amor...

quarta-feira, 4 de março de 2015

I believe...


acredito na bondade sem disfarces,
nos rostos sem máscaras
e nas doses de paciência
que removem montanhas,
 creio no carinho,
no amor,
e na amizade,
confio na palavra que cura,
nas canções que embalam sonhos,
nos risos gratuitos,
e claro,
na bússola do lado esquerdo
que sempre indica
o melhor caminho...


6 comentários:

  1. Olá minha amiga querida. Estou super sumida. E agradeço de coração a sua presença constante no Arca. Eu perdi todas as imagens no blog, desde 2009. Já pensou? Estou refazendo, aos poucos. Está dando um trabalhão. Quando terminar, volto à ativa. Beijos e saudades.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    belíssimo poema, também acredito nas pessoas e no seu melhor.
    Bjos, tenha uma ótimo dia.

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito! Assim, também acredito.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Bonitas palavras.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  5. Estou tentando aprender com você a confiar nas pessoas, Rô. Até que, pra uma gata escaldada, tenho progredido. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Rô
    Uma mensagem postiiva que nos lembra quantas coisas temos de bom para buscar todo dia.
    Estou de volta , com saudade.
    deixo abraços

    ResponderExcluir

já estava com saudades...
é muito bom ver você aqui...
que o seu dia seja somente amor...