O NOSSO TEMPO

tenho aprendido com o tempo,
que a felicidade vibra,
na frequência das coisas mais simples...
como a doçura contente de um cafuné sem pressa...
como os instantes que repousamos os olhos em olhos amados...
como aquele poema que parece
que fomos nós que escrevemos...
como o toque da areia molhada sob os pés descalços...
como o sono relaxado e tranquilo
que põe todos os sentidos pra dormir...
como a presença da intimidade legítima e verdadeira...
como o banho bom que devolve forças ao corpo...
como o cheiro de quem se ama...
como essas coisas...
como outras coisas...

simples assim...

como o nosso amor...

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Perfeita,ou não...


dispenso uma vida rotulada,
humores instáveis,
amor de hora marcada,
nego reviver o passado
e ter maturidade quando quero colo,
discordo viver sobre desculpas
e amordaçar minha tolerância,
não esfolo meu valor com o descaso,
não podo minhas asas,
mudo de opinião,
enfeito meus medos,
dores são segredos,
prefiro expor o que tenho de bom,
não sou de faces,
mas tenho fases,
não invento personalidade,
nem crio situações,
que me achem sensível demais,
que me julguem estranha,
que se afastem os que confundirem
autenticidade com fragilidade,
sou o que quebra e não cola,
o que brota mas também desfolha,
a intensidade de uma ocasião,
perfeita, ou não...


13 comentários:

  1. Linda reflexão e demonstração do que queres para e da vida! beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. bom dia Rô

    Que belezura ler isso.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Oi Ro
    Viver com autenticidade, é assumir erro e acertos sem medo do julgamento de outros.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Que maravilha, ser autêntica é viver a simplicidade da vida...Lindo, Rô querida!!

    Beijos!!♥

    ResponderExcluir
  5. Vendo suas postagens recentes, tenho a impressão de que seus poemas entraram em uma nova fase, Rô. Evoluir é bom sinal. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Oi Rô,
    Adorei suas palavras. Ninguém é perfeito.
    Aproveite o restinho da semana!
    Bjs

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Não devemos viver assumindo varias personalidades, ser ou não ser é ser autentica, é ter seriedade, não é necessário sermos vitimas nem nos autoelogiarmos, somos o que somos, só nos aceita quem quer.

    ag

    ResponderExcluir

  8. Olá RÔ,

    Isto é transparência, é aceitar-se e revelar-se como se é, independente de julgamentos alheios.
    Todos temos nossas fases e o importante e não maquiá-las.

    Excelente dia.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Que lindo, Rô.
    É saber o que se quer da Vida e como a vemos.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir


  10. lindo essa reflexão...levei pro meu blog "Rosa de Linda".Beijos

    ResponderExcluir
  11. Pessoas perfeitas não existem! Os defeitos é que as fazem interessantes!

    Beijos Rô!

    ResponderExcluir

já estava com saudades...
é muito bom ver você aqui...
que o seu dia seja somente amor...