O NOSSO TEMPO

tenho aprendido com o tempo,
que a felicidade vibra,
na frequência das coisas mais simples...
como a doçura contente de um cafuné sem pressa...
como os instantes que repousamos os olhos em olhos amados...
como aquele poema que parece
que fomos nós que escrevemos...
como o toque da areia molhada sob os pés descalços...
como o sono relaxado e tranquilo
que põe todos os sentidos pra dormir...
como a presença da intimidade legítima e verdadeira...
como o banho bom que devolve forças ao corpo...
como o cheiro de quem se ama...
como essas coisas...
como outras coisas...

simples assim...

como o nosso amor...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Tinha sim...


era assim:
o que quiser que tenha,
tinha...
tinha chave antiga maçanetas emperradas, olhos perdidos laços amarrotados,
tinha animais e cerca,
tinha lenços coloridos,
pés descalços e boquinhas sujas,
luar do sertão,
palmeira imperial céu azul,
tinha flores...
também tinha temporal,
barranco,
às vezes lamaçal,
depois celeiro,
até cachoeira, frutas,
horizonte...
pedra e pau,
trigo e joio,
portas e janelas de madeira,
raios, de chuva ou de sol,
estrela e lua cheia,
ah, enfim tinha um pouco de tudo...


21 comentários:

  1. Lindo de+++++++++++
    Como sempre me deliciou.
    Boa semana para vc, minhaAmiga.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  2. Olá Rô,

    Tinha Amor... e ainda tem até hoje, por isso que é lindo assim.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Essa nostalgia boa que nos impulsiona a reviver...Bjuss e ótimo outubro !

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga, bom dia!
    Adorei seu texto, é tão bom quando temos o Tudo no meio do simples,e é tão bom quando sabemos disso sem se perca para entender.
    Beijos
    Boa semana!
    Aline.

    ResponderExcluir
  5. Rô amada, tu tens um bom gosto incrível para imagens.
    E tuas palavras, magia que me leva a flutuar...adooooroooo!
    És encantadora, viu?
    Beijos mil.
    Uma semana maravilhosa pra você.

    ResponderExcluir
  6. Lindo este Poeta Rô ,que sua semana seja de paz e harmonia um beijo!

    ResponderExcluir
  7. E o seu poema tem realmente tudo quanto teve a nossa infância! É maravilhoso recordar! Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Rô,
    Pelo jeito tinha tudo de bom! Adorei o poema.
    Tenha uma ótima semana.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  9. Que linda inspiração!!beijos,ótima semana!chica

    ResponderExcluir
  10. Que bacana a construção do post! Gostei demais! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Ai Rô,eu adoro suas poesias!Tinha mesmo um pouco de tudo na infancia de antigamente!Amei!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo bordado de tua memória, é como se cada verso fosse um ponto colorido posto no alvo linho de tua sensibilidade.

    Encantadora poesia, Rô.

    Um abraço e uma semana maravilhosa para você!

    ResponderExcluir
  13. Olá amiga. Vir aqui é uma alegria. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Postagem campestre no comecinho da semana é boa pedida, Rô. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. E que lindeza ter um pouco de tudo...lindo post querida...beijos e feliz semana,
    Valéria

    ResponderExcluir

  16. Oi RÔ,

    Tinha alegria, descontração e felicidade....
    Lindo!

    Amei as imagens.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. ... e belas fotos, inclusive! Boa semana, Rô.

    ResponderExcluir
  18. E que se guarde na alma tudo que se tinha,,,boas lembranças...recordações....beijos amiga e uma bela semana pra ti.

    ResponderExcluir
  19. Oi Rô que a vida siga leve com como as recordaçoes da infancia. Linda poesia
    Bjks

    ResponderExcluir
  20. Uma bela noite pra ti minha amiga e uma excelente quarta feira recheada de poesias e flores....beijos e beijos...

    ResponderExcluir
  21. Minha querida

    Recordações que vão ficar para sempre no nosso coração.
    Lindo o poema e as imagens a descrever tão bem as sensações.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir

já estava com saudades...
é muito bom ver você aqui...
que o seu dia seja somente amor...